Cozinha de Lavoisier

Na cozinha nada se perde, nada se cria: tudo se transforma.

Cookies de aveia e mel

Leave a comment

Cookies de aveia e mel

Cookies de aveia e mel

Eu tenho uma novidade(zinha) que vai ser muito importante para o rumo das coisas de agora em diante. E ela vem dividida em duas partes, uma boa e uma nem tanto. A notícia é (bacana): comecei essa semana o curso superior de tecnologia em gastronomia na Anhembi Morumbi! Ou seja, estou de volta à sala de aula, de caderninho, dolmã e facas (yay!). A parte boa é que agora eu vou saber o que estou fazendo e poder explicar direito as receitas que posto aqui ter mais propriedade para escrever sobre comida, o que vai melhorar bastante as receitas que aparecem por aqui. Também vou aprender as true técnicas de cozinha (hoje já tivemos aula de corte clássico e meus dedos estão classicamente estropiados), o que vai ser muito bacana para todo mundo porque eu sou dessas que compartilha as coisas (como vocês podem ver aqui). A parte ruim é que tenho que acordar na madrugada boladona, tenho aula a manhã inteira e trabalho parte da tarde/noite/madrugada, ou seja, as postagens aqui não serão tão assíduas como eu gostaria.

IMG_0438

Mas vamos ao que interessa? Essa receita. Eu tenho feito bastante esses cookies porque são práticos, baratinhos e dá para guardar em potinhos. Eu levei para o trabalho para lanchar, compartilhei com os coleguinhas e todos gostaram. Como ele é integral (pelo menos eu faço ele assim, vou explicar como fazer a versão “refinada” também), dá aquela segurada bacana na fome. Se você comer junto com uma frutinha então, sucesso. Dá para ficar de boa na rua, na chuva e na fazenda. Também dá para comer no café da manhã, em casa, onde você quiser. Com café, com suco, com chá, com leite, puro… enfim, puro amor em forma de biscoitinhos. Essa receita rente aproximadamente 15 cookies. Se quiser mais, dobre a receita ok? Vamos lá?

IMG_0427

Ingredientes

• 1 xícara de aveia
• 1 xícara de farinha de trigo integral (pode ser da comum, mas você terá um biscoito comum, ok?)
• 1 xícara de açúcar mascavo (pode ser o comum, a mesma coisa que disse acima, hehehe)
• 2 colheres de sopa de mel
• 1 colher de chá de fermento
• 1 colher de sopa de manteiga derretida
• 1 ovo

IMG_0430

Modo de Preparo

• Comece separando seus ingredientes e deixando-os todos prontinhos para fazer o prato. Isso inclui untar as formas que você vai usar para assar, hein galerinha? E também derreter a manteiga! Eu sempre digo isso aqui, né? Parece bobagem, né? Sou chata né? Pois meu professor não para de repetir na aula: organizado e limpo. Agora que eu sou metida sei que não estou falando bobagem mesmo, confiem. Muitas vezes as receitas dão errado porque as criaturinhas não separam os ingredientes antes, ai ficam procurando pela cozinha, ai perdem tempo, ai esquecem algo, ai deixam cair alguma coisa… vamos fazer tudo bonito? É melhor!

• As forminhas ideais para assar biscoito são as que não tem as bordas laterais, aquelas baixinhas, sabe? Eu não tenho dessas. Notei que os biscoitos ficam meio mal-assados no centro (e queimadinhos embaixo) quando uso as formas normais. Eu resolvi isso virando a forma ao contrário e assando os biscoitos no fundo. Parece loucura, mas dá certo! Você pode tentar assim em casa ou assar na forma normal mesmo. Elas devem ser cobertas com papel manteiga. Vai facilitar muito sua vida na hora de tirar os biscoitos da forma e limpar tudo. Não tem papel manteiga em casa? Não tem problema. Nesse dia em que fiz as fotos eu também não tinha. O jeito é untar a forma com manteiga e farinha mesmo, igual você untaria para um bolo.

• Preaqueça o forno a 180 ºC.

• Em uma tigela grande (para você poder misturar tudo sem dramas) despeje a aveia e a farinha de trigo.

Despeje o trigo...

Despeje a aveia…

... e a farinha de trigo!

… e a farinha de trigo!

• Depois coloque o fermento e o açúcar mascavo!

Coloque o açúcar e o fermento!

Coloque o açúcar e o fermento!

• Misture bem com uma colher ou espátula e quando estiver uniforme, faça um “buraquinho” no meio, para facilitar quando for misturar os ingredientes molhados.
Misture tudo até ficar uniforme!

Misture tudo até ficar uniforme!

• Agora coloque o mel (com cuidado) e a manteiga derretida. A manteiga é derretida, não fervida, escaldada, dourada, queimada, ok? Bastam alguns segundos no microondas ou, se você for old school, derreta em banho-maria em uma panelinha com bastante cuidado.

Coloque o mel e a manteiga derretida!

Coloque o mel e a manteiga derretida!

• Por último coloque também o ovo. Nada de quebrar o ovo diretamente na tigela onde estão os outros ingredientes! Se ele estiver estragado você não vai querer perder todos os ingredientes, né? Então quebre o ovo em uma xícara ou potinho, veja se ele está bom e aí sim, despeje sem dó na tigela!

Quebre o ovo em um potinho e misture!

Quebre o ovo em um potinho e misture!

• Agora é só misturar tudo. Eu começo usando a colher e depois uso a pontinha dos dedos, mas eu não tenho certeza que é o melhor jeito. Não precisa ficar trabalhando muito a mistura, basta misturar tudo bem, garantir que o ovo está uniforme (ou seja, que não tem pedaços de clara ou gema inteiros). Se você quiser, nesta hora, pode colocar gordices para seu biscoito ficar mais… interessante. Castanhas picadinhas ou gotas de chocolate, por exemplo. Eu já fiz com castanha do Pará e gostei bastante.

• Com a ajuda de uma colher de sorvete ou com uma colher normal mesmo, pegue porções uniformes de massa e faça bolinhas. Bo-li-nhas! E coloque na forma deixando o espaço entre uma e outra. São bolinhas mesmo, gente, como brigadeiros. Depois, quando estiver assando, os cookies sozinhos tomam forma de cookie. Podem ficar tanquilos. Se o dia estiver quente ou sua cozinha for quentinha, antes de mexer na massa deixe ela descansar um pouquinho na geladeira ou freezer. Um pouquinho só, para ela não ficar melequenta e grudando em tudo ok?

As bolinhas que serão cookies! Assei no fundo da forma virada ao contrário e deu certo!

As bolinhas que serão cookies! Assei no fundo da forma virada ao contrário e deu certo!

• Agora é só deixar assar entre 20 a 30 minutos, depende do seu forno. Fica de olho porque os cookies assam muito rápido! Eles vão ter um aspecto de meio crus (molhadinhos) quando você tirar do forno, mas é assim mesmo, quando eles esfriam endurecem. Se você quiser cookies mega crocantes, deixe mas tempo, mas tome cuidado para que eles não queimem no fundo. Quanto mais tempo você deixar, mais durinhos eles ficam. Eu prefiro os cookies que são crocantes nas bordas e macios no centro, então no meu forno 20 minutos são mais que suficientes.

• Espere esfriar para desenformar! Eu sei que é tentador comer cookies quentinhos, mas deixa eles ficarem pelo menos mornos, ou você vai acabar quebrando os danadinhos quando for tirar da forma. Para conservar, coloque em latas (sabe aquelas de chá quando ficam vazias? Ou de outros biscoitos que você já comeu?) ou potinhos de vidro com tampa para não ficarem moles com a humidade. E voilà, estão prontos!

IMG_0443IMG_0442

 

Advertisements

Author: Mariele Góes

A única constante na minha vida é que gosto de cozinhar. Já tentei ser fotógrafa, já toquei em banda, já ataquei de dj. Me formei em jornalismo e estava indo bem, até trabalhava em uma grande revista nacional, mas achava tudo chato. Resolvi estudar gastronomia como um hobby e de repente me vi totalmente envolvida. Larguei tudo, recomecei do zero e hoje estou radiante por passar 12h por dia de pé, mexendo com fogo e facas. Formada em gastronomia pela Anhembi Morumbi, em São Paulo, e me especializando em cozinha francesa na Ferrandi Paris.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s